Home » F1: pole-position para Charles Leclerc no Grande Prémio da Austrália

F1: pole-position para Charles Leclerc no Grande Prémio da Austrália

Ferrari e Red Bull voltam a partilhar a primeira linha

Uma volta perfeita de Charles Leclerc deu a pole-position ao monegasco para o Grande Prémio da Austrália. Leclerc terminou assim com o domínio absoluto da Mercedes em Melbourne durante a era híbrida. Ao seu lado, na primeira linha, estará Max Verstappen, tal como aconteceu no Bahrein.

A maior novidade será mesmo o McLaren de Lando Norris em quarto, a partilhar a segunda linha com Sergio Pérez.

A classificação ainda é provisória, com Pérez a ser chamado aos stewards por, alegadamente, não ter abrandado em bandeiras amarelas. Se for penalizado, poderá perder três lugares.

Dia difícil para os mecânicos da Aston Martin e da Williams

A Qualificação começou com uma modificação no circuito: a nova zona de DRS foi removida após o FP3 e retrocedeu-se para o formato de três zonas de DRS.

A primeira sessão foi atribulada. A pouco mais de dois minutos do final da Q1, Latifi e Stroll desentenderam-se e tivemos bandeira vermelha. Uma situação caricata, com Latifi a deixar passar Stroll em pista e depois a voltar a colocar-se à frente de Stroll. Este não se terá apercebido que Latifi o voltava a passar e bateram, com o Williams a embater com força no muro.

Um incidente que terminou imediatamente com a qualificação dos dois canadianos. Lance Stroll ainda não tinha marcado nenhum tempo, depois de ter batido também no terceiro treino livre. O carro #18 apenas ficou pronto para os minutos finais de qualificação.

Quem também deu trabalho aos mecânicos da Aston Martin foi Sebastian Vettel que, tal como o seu companheiro de equipa,bateu na FP3. Os danos no AMR22 de Vettel eram um pouco mais extensos e o carro do alemão não ficaria pronto a tempo da Q1… não fosse o acidente dos canadianos. O atraso na sessão provocado pela bandeira vermelha ainda permitiu a Vettel ter o carro pronto a tempo de marcar uma volta na Q1 mas não foi além da 18ª posição.

Após o recomeço, ainda houve tempo para mais uma volta mas sem alterações significativas. Albon, Magnussen, Vettel, Latifi e Stroll foram eliminados, com Albon a ter ainda uma penalização de três lugares na grelha herdada de Jeddah.

O piloto da Williams ainda teria mais problemas, com o FW44 a ficar parado em pista já depois de terminar a sessão.

Fim do record de Bottas, McLaren de regresso à Q3

A segunda sessão de qualificação foi mais calma e decorreu sem incidentes de maior. O destaque acaba por ser a eliminação de Bottas na Q2. O finlandês conseguiu passar à Q3 em 103 grandes prémios consecutivos, uma sequência impressionante que teve o seu fim em Melbourne.

Em sentido inverso esteve a McLaren. Depois de duas corridas muito complicadas no Médio Oriente, os carros laranja regressaram à Q3.

Nota ainda para a Haas, depois de ter marcado presença na Q3 nas duas primeiras provas, desta vez Magnussen ficou pela Q1 e Mick Schumacher ficou-se pela Q2.

Com a eliminação de Gasly, Bottas, Tsunoda, Zhou e Schumacher na segunda qualificação, ficaram dois carros de cada equipa para a Q3: os dois Red Bull, Ferrari, Mercedes, McLaren e Alpine.

Outra bandeira vermelha na Q3

A terceira sessão de Qualificação começou com mais uma interrupção logo nos primeiros minutos. Fernando Alonso terá ficado com o carro preso em quarta velocidade e bateu na curva 11.

A bandeira vermelha prejudicou sobretudo Sainz, o único de entre os pilotos RBR e Ferrari a não marcar uma volta.

Após o recomeço, não houve mais incidentes.

Leclerc conseguiu a pole-position seguido de Max Verstappen, Sergio Pérez e Lando Norris. Os dois Mercedes partilham a terceira linha, depois do descalabro da qualificação de Hamilton em Jeddah, onde ficou pela Q1.

O homem da casa, Daniel Ricciardo, conseguiu o sétimo lugar e irá partilhar a linha com Esteban Ocon. Carlos Sainz cometeu um erro na sua segunda volta rápida e foi apenas nono. A primeira tentativa foi abortada, após o acidente de Alonso. O asturiano sai de décimo e estará ao lado do seu compatriato na quinta linha da grelha.

O Grande Prémio da Austrália tem partida marcada para as 06h00 de Domingo, hora de Portugal continental.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *