Red Bull

Anterior: Mercedes Equipas e Pilotos Próxima: Williams

RED BULL RACING HONDA

Sergio Pérez

Max Verstappen

Nacionalidade Chassis Unidade Motriz
RB16B Honda RA621H
Sede da equipa Milton Keynes, Reino Unido
Classificação em 2020 2º (319 pontos)
CEO Dietrich Mateschitz
Team Principal Christian Horner
Conselheiro Especial Helmut Mark0
Director Técnico Adrian Newey
Grandes Prémios 306 (305 iniciados)
Estreia GP da Austrália 2005
Anos no activo 2005-presente

PALMARÉS

Total Primeira Última
Vitórias 65 GP da China 2009 (Sebastian Vettel) GP da Emília-Romanha 2021 (Max Verstappen)
Pole-positions 64 GP da China 2009 (Sebastian Vettel) GP do Bahrein 2021 (Max Verstappen)
Voltas mais rápidas 68 GP da Grã-Bretanha 2009 (Sebastian Vettel) GP do Bahrein 2020 (Max Verstappen)
Pódios 185 GP do Mónaco 2006 (3. David Coulthard) GP da Emília-Romanha 2021 (1. Max Verstappen)
Dobradinhas 17 GP da China 2009 (1. Sebastian Vettel, 2. Mark Webber) GP da Malásia 2016 (1. Daniel Ricciardo, 2. Max Verstappen)
Títulos de Campeão do Mundo de Pilotos 4 – 2010 (Sebastian Vettel), 2011 (Sebastian Vettel), 2012 (Sebastian Vettel), 2013 (Sebastian Vettel)
Títulos de Campeão do Mundo de Construtores 4 – 2010, 2011, 2012, 2013
Breve História

A Red Bull entrou na Fórmula 1 em 1995 como patrocinador da Sauber e assim se manteve até comprar a Jaguar Racing à Ford no final de 2004. A Red Bull chegou a ser uma das principais accionistas da Sauber mas vendeu a sua participação de volta a Peter Sauber após um desentendimento com este devido à contratação de Kimi Räikkönen em 2001. A Red Bull procurou então uma equipa para comprar na totalidade e a oportunidade surgiu quando a Ford colocou a Jaguar Racing à venda.

A equipa da Jaguar tinha nascido em 1997 como Stewart Grand Prix, após Jackie e o seu filho Paul Stewart darem o salto da Fórmula 3000 para a Fórmula 1 com o apoio da Ford. Em 1999 a Stewart chega às vitórias e a Ford decide aumentar o seu envolvimento e compra a equipa a Jackie e Paul Stewart mudando-lhe o nome para Jaguar Racing, à época parte do grupo Ford. Depois de centenas de milhões de euros investidos e péssimos resultados em 2004 a Ford decide sair da F1 e vende a equipa à Red Bull que a transforma em Red Bull Racing no ano seguinte. A Red Bull tornar-se-ia numa das mais bem sucedidas equipas da última década com 8 títulos mundiais (4 de pilotos e 4 de construtores) e dezenas de vitórias. Em 2021 a Red Bull chegou a acordo com a Honda e comprou a divisão de motores de F1 dos japoneses. A partir de 2022 a Red Bull Racing correrá com motores em nome próprio.

Nomes anteriores

Stewart Grand Prix (1997-1999), Jaguar Racing (2000-2004), Red Bull Racing (2005-presente)

REDES SOCIAIS Página oficial Twitter Instagram Facebook

Anterior: Mercedes Equipas e Pilotos Próxima: Williams