Home » GP AUSTRÁLIA: Leclerc lidera de inicio ao fim

GP AUSTRÁLIA: Leclerc lidera de inicio ao fim

Leclerc domina

Pole position, vitória, volta mais rápida e liderança durante todo o Grande Prémio. Este é o resumo do fim de semana de Charles Leclerc e do seu F1-75.

Max Verstappen esboçou um ataque durante um recomeço após Safety Car, mas a vitória nunca pareceu em dúvida. Dominadores e a aproveitarem mais um abandono de Max Verstappen.

Sergio Perez voltou a ter azar no timing do Safety Car, mas desta feita recuperou posições para voltar ao 3º lugar e depois aproveitou o abandono do colega de equipa para subir a 2º.

Graining, Graining e mais Graining

Os pneus da Pirelli continuam a ser algo dificil de entender, o macio para esta prova só servia para qualificação e para corrida só o duro funcionava tal era a facilidade com que o médio granulava.

Este comportamento foi perceptível no primeiro stint de Max Verstappen, e nos segundos stints de Magnunssen e Alonso, ambos sofreram na fase final da prova com este composto.

O setup de baixa carga do Red Bull não terá ajudado, com o carro a deslizar mais, a aposta na velocidade de ponta não compensou este fim de semana. O Ferrari foi capaz de fazer uma melhor gestão do problema.

Alonso foi mesmo obrigado a fazer nova paragem:

Pódio para a Mercedes com Russell

Durante o Safety Car inverteu-se a ordem na qual seguiam os Mercedes, com Russell a tomar a dianteira e assim foi até final apesar das comunicações de Hamilton com a equipa. Em Barkley neste momento pensa-se a longo prazo e por isso lutas por posição eram de evitar por parte da equipa.

Nem tudo é mau, de facto o motor precisa de trabalho para desbloquearem todo o potencial, mas como temos vindo a dizer os problemas estão também relacionados com outras zonas do carro.

Prova disso é a prova da McLaren, num circuito onde se pede chassis, e onde o arrasto excessivo característicos destes dois carros não é tão penalizador. As duas equipas conseguiram mostrar uma performance respeitável.

Trabalho neste aspecto do arrasto durante a época pode colar a Mercedes e a McLaren um pouco mais à frente.

Williams de volta aos pontos!

Albon conseguiu trazer um ponto para a Williams, uma estratégia arriscada na qual pararam o FW44 apenas na penúltima volta.

Aproveitaram o facto de Lance Stroll atrasar todos os carros perseguidores para abrirem a distância necessária e assim saírem à frente de Zhou.

Excelente escolha e excelente execução por parte de Albon.

Sainz e Vettel com corrida para esquecer

A pressão estava do lado de Sainz depois da má qualificação de ontem e a equipa colocou-o na estratégia contrária para fazer uso do ritmo do F1-75 e conseguir o overcut aos seus adversários. A largada começou mal, a perder logo vários lugares, e a volta seguinte acabou ainda pior, encalhado por completo na gravilha.

Vettel voltou, mas além de dois acidentes e um ou outro erro nada se viu do piloto da Aston Martin

Resultado do GP da Austrália

Ocon, Bottas e Gasly foram os outros pilotos a pontuarem, aqui fica o resultado do GP da Austrália:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *