Home » QUALIFICAÇÃO: Leclerc na pole para o GP do Bahrain!

QUALIFICAÇÃO: Leclerc na pole para o GP do Bahrain!

A Formula 1 2022 teve finalmente a sua primeira sessão a sério, e que sessão.

A Ferrari parece ter acertado com a unidade motriz e destaca-se em conjunto com a RedBull nesta primeira qualificação do ano.

Q1

As surpresas começaram logo a abrir, 4 motores mercedes ficaram logo pelo caminho na Q1 com Daniel Ricciardo em particulares dificuldades.

O piloto da McLaren regressa após ter falhado a 2ª semana de testes, e como se não fosse suficiente uma avaria retirou-o do FP2 e parte do FP3.

McLaren longe do começo desejado

Daniel Ricciardo ficou assim apenas no 18º lugar e de fora logo na Q1.

Tsunoda P16, Hulkenberg P17, Stroll P19 e Latifi P20 fizeram-lhe companhia. Nota de destaque para o super-sub Nico Hulkenberg a qualificar-se à frente do “titular” Lance Stroll.

Q2

A Q2 começava a mostrar-nos a grande performance de Kevin Magnunssen e Valteri Bottas. O primeiro acabado de regressar para substituir Mazepin, o segundo a começar uma nova fase da sua carreira na Alfa Romeo.

Ocon ficou pela Q2 no Alpine “desatualizado”

Esteban Ocon esteve perto de passar à Q3, ficando-se pelo 11º lugar. A Alpine tinha no seu carro a versão antiga dos pontões, após ter perdido a atualização durante os treinos livres de ontem. Pelas suplentes ainda escasseiam, certamente Ocon poderá encontrar algum consolo nesse detalhe.

Na Q2 ficaram também para trás Mick Schumacher P12, Lando Norris P13, Alex Albon P14 e Zhou P15.

Q3

A luta pelo lugar mais desejado estava reservada para duas equipas, RedBull e Ferrari.

Leclerc mostrou todo o trabalho feito em Maranello no off-season e levou o F1-75 à primeira pole-position da época, superiorizando-se a Max Verstappen.

1:30.558 foi o suficiente para colocar Leclerc a sair do primeiro lugar. Em comparação, a pole-position do ano passado foi feita em 1:28.997.

Leclerc a caminho da pole-position

De seguida o outro Ferrari de Sainz e o outro RedBull de Perez.

Lewis Hamilton não está longe, a Mercedes tem trabalho a fazer, mas o sete vezes campeão do mundo colocou o W13 em 5º lugar, e a olhar de perto aos 4 primeiros.

Como brilham

Kevin Magnussen e Valteri Bottas são talvez o destaque desta qualificação.

Bottas P6, Kevin P7, fizeram um brilharete no respetivo Alfa Romeo e Haas. A unidade motriz da Ferrari certamente a ajudar, e os dois pilotos conseguiram inclusivamente qualificar-se à frente do segundo Mercedes de George Russell, este não foi além do 9º lugar.

Gasly terminou o top 10.

Fim da regra de pneus da Q2

Recordamos, a guerra dos pneus da Q2 caiu para este ano, por isso todos os pilotos têm escolha livre de pneus.

Conseguirá a Ferrari transformar esta pole numa vitória? A RedBull irá mostrar o seu aparente melhor ritmo de corrida? E a Mercedes, tem um trunfo tático na manga?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *