Home » RESULTADOS: fim-de-semana motorizado com WRC, IndyCar e NASCAR

RESULTADOS: fim-de-semana motorizado com WRC, IndyCar e NASCAR

A primeira semana de testes da Fórmula 1 terminou na sexta-feira mas não faltaram motores a fazer barulho este fim-de-semana. WRC foi refrescar as ideias a Suécia, Florida Man foi assistir ao arranque da IndyCar em St. Petersburg e a NASCAR foi até à California. Fora de pista, houve ainda tempo para a Alfa Romeo mostrar as cores do C42.

Deixamos os resultados e um breve resumo das principais provas do fim-de-semana.

WRC: Rovanperä foi o Rei no Norte

Depois de ter sido cancelado o ano passado por falta de neve, o Rally da Suécia mudou-se mais para norte, próximo do Círculo Polar Ártico, para garantir que havia neve e gelo em quantidades que permitissem manter frescas bebidas suficientes para fazer uma Queima das Feitas.

Garantida a neve e o gelo foi um nórdico a sobressair. 21 anos depois do seu pai, Hari Rovanperä, vencer o Rally da Suécia ao volante de um Peugeot 206 WRC, desta vez foi Kalle o Rovanperä que abriu o Champagne na Suécia. Na sexta-feira, Tanäk, Lappi, o próprio Rovanperä, Evans e Neuville foram passando pela liderança do rally. No sábado, Kalle Rovanperä subiu a primeiro logo na SS8, a primeira especial do dia e o Toyota Yaris Rally1 do finalndês não deixou mais a liderança até final do rally.

Rovanpera vence e sobe à liderança do WRC

O finlandês venceu 6 das 19 especiais do rally e foi segundo na Power Stage, mesmo sem sistema híbrido, atrás de Ott Tanäk. Com este resultado, Rovanperä é agora líder do Mundial de Rallys. Para a Toyota foi um óptimo rally com os japoneses a colocarem 3 carros nos 4 primeiros lugares, apesar da desistência de Elfyn Evans. O britânico perdeu um segundo lugar quase certo ao início da manhã de domingo, após embater num banco de neve.

Na Hyundai foi Thierry Neuville a salvar a honra do convento ao colocar-se em segundo lugar, no meio da armada da Toyota. Solberg foi apenas sexto e Tanäk desistiu com problemas na unidade híbrida. O estónio regressou em rally 2 para vencer a Power Stage e salvar alguns pontos.

Quanto à Ford, depois da vitória em Monte Carlo, rally para esquecer na Suécia. Abandonos para Adrien Formaux e Craig Breen e Gus Greensmith foi apenas quinto.

Por fim, no WRC2 Andreas Mikkelsen foi uma vez mais o vencedor.

O Mundial de Rallys vai fazer agora uma longa pausa e regressa a 21 de Abril para o Rally da Croácia.

Top 10 do Rally da Suécia:

Pos. Carro Piloto Co-Piloto Carro Caterogria GROUP CLASS Tempo Dif. Anterior Dif. Primeiro
1 #69 K. Rovanperä J. Halttunen GR Yaris Rally1 M RC1 2:10:44.9
2 #11 T. Neuville M. Wydaeghe i20 N Rally1 M RC1 2:11:06.9 +22.0 +22.0
3 #4 E. Lappi J. Ferm GR Yaris Rally1 M RC1 2:11:15.5 +8.6 +30.6
4 #18 T. Katsuta A. Johnston GR Yaris Rally1 MT RC1 2:13:04.3 +1:48.8 +2:19.4
5 #44 G. Greensmith J. Andersson Puma Rally1 M RC1 2:14:05.3 +1:01.0 +3:20.4
6 #2 O. Solberg E. Edmondson i20 N Rally1 M RC1 2:16:24.3 +2:19.0 +5:39.4
7 #20 A. Mikkelsen T. Eriksen Fabia Evo WRC2 RC2 2:17:56.0 +1:31.7 +7:11.1
8 #24 O. Veiby S. Skjaemoen Polo GTI WRC2 RC2 2:18:19.2 +23.2 +7:34.3
9 #23 J. Huttunen M. Lukka Fiesta Mk II WRC2 RC2 2:18:59.1 +39.9 +8:14.2
10 #28 E. Kaur S. Simm Polo GTI WRC2 RC2 2:19:09.7 +10.6 +8:24.8

IndyCar: primeira de Scott Mclaughlin

Do outro lado do charco, a IndyCar começou a temporada em St. Petersburg, na Florida. O campeonato norte-americano está com níveis de popularidade como não conhecia desde a era pré-split e atrai cada vez mais nomes conhecidos dos europeus. Romain Grosjean deu o salto para a Andretti Autosport e espera-se que lute por vitórias este ano e juntam-se os “europeus” Callum Illo, Christian Lundgaard e Tatiana Calderón.

No entanto, no arranque da temporada a vitória foi para o outro lado do mundo. Scott Mclaughlin, neo-zeolandês tri-campeão nos V8 Supercar australianos pela DJR Penske, conquistou a sua primeira pole-position que convertou na sua primeira vitória na IndyCar. Mclaughlin estreou-se na IndyCar o ano passado, vindo de três títulos consecutitos nos V8 australianos pela equipa local da Penske. Depois de uma estreia para esquecer em 2021, o neo-zelandês dominou completamente a primeira prova do ano. O campeão em título, Alex Palou, ainda ameaçou a lideranças mas Mclaughlin manteve a corrida controlada e conquistou com alguma facilidade o primeiro triunfo da carreira na IndyCar.

McLaughlin estreou-se a vencer na IndyCar

O campeonato regressa a 20 de Março para a primeira oval da época na Texas Motor Speedway.

Classificação do GP de St. Petersburg:

Pos. Num. Piloto Equipas Motor Voltas Tempo
1 3 Scott McLaughlin Team Penske Chevrolet 100 1:51:27.3466
2 10 Álex Palou Chip Ganassi Racing Honda 100 +0.5095
3 12 Will Power Team Penske Chevrolet 100 +2.4671
4 26 Colton Herta Andretti Autosport with Curb-Agajanian Honda 100 +15.8442
5 28 Romain Grosjean Andretti Autosport Honda 100 +18.4525
6 21 Rinus VeeKay Ed Carpenter Racing Chevrolet 100 +20.6514
7 15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Honda 100 +21.4181
8 9 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Honda 100 +22.0277
9 8 Marcus Ericsson Chip Ganassi Racing Honda 100 +22.3674
10 51 Takuma Sato Dale Coyne Racing with Rick Ware Racing Honda 100 +23.2743
11 30 Christian Lundgaard R Rahal Letterman Lanigan Racing Honda 100 +24.4244
12 5 Pato O’Ward Arrow McLaren SP Chevrolet 100 +26.2750
13 45 Jack Harvey Rahal Letterman Lanigan Racing Honda 100 +31.6687
14 6 Hélio Castroneves Meyer Shank Racing Honda 100 +33.5985
15 60 Simon Pagenaud Meyer Shank Racing Honda 100 +34.2147
16 2 Josef Newgarden Team Penske Chevrolet 100 +36.2603
17 7 Felix Rosenqvist Arrow McLaren SP Chevrolet 100 +39.0361
18 14 Kyle Kirkwood R A. J. Foyt Enterprises Chevrolet 100 +58.1240
19 77 Callum Ilott R Juncos Hollinger Racing Chevrolet 100 +58.7223
20 27 Alexander Rossi Andretti Autosport Honda 100 +59.1634
21 20 Conor Daly Ed Carpenter Racing Chevrolet 100 +1:00.1358
22 29 Devlin DeFrancesco R Andretti Steinbrenner Autosport Honda 100 +1:02.8613
23 48 Jimmie Johnson Chip Ganassi Racing Honda 99 +1 Volta
24 11 Tatiana Calderón R A. J. Foyt Enterprises Chevrolet 97 +3 Voltas
25 4 Dalton Kellett A. J. Foyt Enterprises Chevrolet 62 DNF
26 18 David Malukas R Dale Coyne Racing with HMD Motorsports Honda 23 DNF

NASCAR: o regresso do Champ!

À segunda prova, o campeão de 2021 voltou a vencer. Depois de começar mal a época nas Daytona 500, Kyle Larson estreou-se a vencer nesta temporada. No regresso a Fontana, o californiano venceu a corrida no seu estado, a Wise Power 400. Tyler Reddick venceu os dois primeiros segmentos mas acabaria por se ver envolvido num acidente. Numa corrida onde foram mostradas por 12 vezes bandeiras amarelas, Kyle Larson agarrou o primeiro lugar após o último período de caution e não o largou mais até final.

Para a semana a NASCAR ruma a Las Vegas.

Primeira vitória do ano para o campeão em título

Alfa Romeo mostra as cores do C42

Não é proprimante uma corrida mas aproveitamos para lembrar que a Alfa Romeo mostrou finalmente as cores definitivas do C42 para esta temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *